Bairro do Bixiga II

O mais legal de fazer um Mochilão é a sua imprevisibilidade. A cidade, as pessoas e o tempo não param e a gente nunca sabe com o que ou quem vamos trombar no caminho. Nas nossas andanças pelo Bixiga vimos muitas trombadas acontecerem. Pessoas se desculpavam, saiam bravas, outras nem reparavam.

A nossa “trombada” com o Sr. Walter não podia ser mais positiva e inspiradora. Falei dele aqui ontem e prometi postar o vídeo que fiz dele. Juro que tentei editar, mas em casa e no trabalho deu o mesmo erro (porcaria de Movie Maker, preciso dar um upgrade nas minhas edições de vídeo), então vai assim mesmo, com a minha voz tosca e risadinhas péssimas…hehe

Ele conta um pouquinho do que faz e, mais no final, da história do bairro e do que rola de legal e diferente por lá, tipo maior sanduíche e maior pizza do mundo. Huuumm.

Já quero comer tudo! Dieta no Bixiga não rola.

Duas frases do Seu Walter que marcaram e não estão no vídeo:

“Se for pra vir ao mundo e ficar de braços cruzados, melhor nem vir.”

“A pior das derrotas está no campo das ideias, porque quando se perde a utopia, perde-se também a capacidade de lutar.”

Amanhã, último post do fds lindo no Bixiga.

;)

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Mochilão SP

3 Respostas para “Bairro do Bixiga II

  1. Também quero comer essas comidas maiores do mundo!
    hahaha
    Muito bom!
    ;*

  2. Gente, e essa vontade de visitar o Bixiga que deu….
    Ja tenho uma Guia ^^
    ahh temos que definir uma data pra minha coluninha hem ^^ (mefalta só a ilustração)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s