Arquivo da tag: Backpacking

Hostels: Tirando mitos da mochila

A principio, a ideia de compartilhar o quarto com desconhecidos em um hostel (também conhecido como albergue) nos deixava um pouco inseguras. Por outro lado,  a ideia de conhecer pessoas de várias partes do mundo e ainda viajar gastando pouco nos agradava muito. Tínhamos dúvidas, pois ouvimos muitas histórias a respeito de hostels, algumas boas e outras ruins. Mas por que não experimentar e tirar as próprias conclusões? Assim fizemos.

Cada uma de nós já se hospedou em tudo quanto é tipo de hostel e viveu as mais diferentes situações. Ficamos em lugares super chiques, super simples, alguns com balada e outros com iluminação a base de lampião, quarto misto, separado, quarto pra 26 pessoas super confortáveis, quarto pra 4 pessoas que mal cabiam 2, um banheiro pra 20 pessoas, suíte, hostel com janta free e música ao vivo, chuveiro frio, jacuzzi quentinha… Sério, todo tipo mesmo. Felizmente, o ponto em comum entre todos esses é que na grande maioria tivemos experiências positivas.

Todas as vezes tivemos a chance de conhecer pessoas de vários lugares, culturas e estilos.  É um ambiente que facilita muito a socialização, bem mais que hotel. Algumas dessas pessoas que conhecemos se tornaram grandes amigas. Por exemplo, no Rio de Janeiro a Dany e eu dividimos o quarto com 4 chilenos ano passado, esse ano ela reencontrou 3 deles no Chile e se hospedou na casa de 2.

Eu também mal posso dizer que fiz um mochilão sozinha pela Europa, estava sempre conhecendo pessoas no hostel e saiamos juntos para desbravar a cidade. Na véspera do meu aniversário, por exemplo, estava sozinha em um quarto para 4 pessoas em Dublin, prestes a ir dormir, até que as 22h30 uma garota colombiana chamada Gisela chegou no quarto. Ficamos conversando bastante e quando disse a ela que meu aniversário seria no dia seguinte, ela me fez pular da cama, trocar de roupa e sair para comemorarmos. Graças a animação da Gisela, meu aniversário foi regado a Guinness, risadas e música boa em um típico pub irlandês.

Isso sem contar (já contando) que conhecemos o Sergio, o homem mais famoso aqui no blog, em um hostel em Florianópolis. São tantas histórias boas que dava pra passar horas escrevendo aqui.

Claro que nem tudo é perfeito. Infelizmente já presenciamos caso de um homem entrando no vestiário feminino, pessoa que teve o celular roubado enquanto carregava, companheiros de quarto barulhentos. É raro acontecer, mas não dá pra negar que acontece. Nossa recomendação é que vocês pensem que tipo de ambiente desejam, pesquisem bem e escolham o local de acordo com seu estilo. Nosso meio favorito de pesquisa é o Hostelworld, lá é possível avaliar a classificação do hostel de acordo com critérios como localização, limpeza, segurança e atmosfera, ler depoimentos de quem já se hospedou e ter uma ideia se está de acordo com o que você procura.

Na nossa opinião, é um meio de hospedagem que vale muito a pena! Tanto que sempre que conhecemos um novo, damos dicas aqui e também buscamos fazer parcerias. A mais nova é o Lapa Hostel Rio. É um lugar super fofo e localizado onde a vida noturna do Rio acontece, na Lapa! Se tiverem dúvidas quanto a hostels e como aproveitar a cidade maravilhosa, podem falar com eles também, a equipe é muito prestativa.

É isso! Sempre que tivermos mais dicas, dividiremos aqui com vocês. E se vocês pretendem ou já tem experiências com hostels, compartilha aqui com a gente também!

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Dicas de Viagem