Arquivo da tag: Cat’s Hostel

Pub Crawl em Madrid, uma experiência nos bares da capital espanhola

Não se assustem com a foto, foi bem mais tranquilo do que parece.

Nos primeiros dias em Madrid, acabava voltando para o hostel por volta das 21h (nesse horário o sol ainda brilha), pois ficava super cansada de tanto andar pela cidade. Em uma quinta-feira me animei e resolvi participar de um pub crawl organizado pelo hostel. Nunca havia participado de um antes e a ideia nem me atraia tanto, mas como estava sozinha, pensei que seria uma boa oportunidade de conhecer pessoas e um pouco da noite de Madrid.

Nesse dia precisei trocar de quarto, saindo de um para 4 pessoas e indo para um com 6. Eis que estou em minha habitação, quando meus novos companheiros de quarto abrem a porta. Eram 5 californianos. Por um minuto senti uma mistura de alegria e desespero. Fiquei meio tímida, conversei um pouco com os caras e sai do quarto. Quando voltei estavam todos de cueca se preparando para tirar uma soneca. Por dentro, reagi assim. Por fora, fingi que não vi, peguei minhas coisas e sai correndo. Sim, sou uma loser.

Mais tarde, descobri que os caras também iriam para o pub crawl. Por 15 euros iríamos para 2 bares e uma balada, com direito a 2 cervejas no primeiro bar, um drink no segundo e entrada free na balada. Primeira parada: o bar underground do Cat’s Hostel. Muito legal, parece uma caverna, a cerveja é gelada, a música é boa e as vezes rola até umas bandas tocando por lá. Também é um ótimo lugar para se hospedar. Segunda parada: Não lembro. Não por culpa das cervejas, mas é que o bar era muito comum, não tinha nada que chamasse atenção, então fiquei conversando com um monte de gente e esqueci de fotografar e anotar o nome do lugar. Aos leitores, minhas sinceras desculpas. Terceira parada: Kapital. Maior balada que vi na vida. São 7 andares, cada um com um tipo de música. Cheio de gente bonita. O problema de lá é que eu sempre pensava “O que será que está tocando na outra pista?” e não parava quieta. De acordo com os californianos, o problema era que apesar de ser um lugar bem turístico, todas as meninas em quem eles chegavam falando inglês, não davam a menor atenção a eles. Então, garotos, se querem se dar bem, arrisquem falar espanhol.

No final o pub crawl foi acima das minhas expectativas. Conheci gente de várias partes do mundo, ouvi muitas histórias, ri demais, dancei e até cantei “Ai se eu te pego”, que estava tocando por toda parte. Valeu muito a pena, recomendo!

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Destinos, Espanha, Europa