Arquivo da tag: Cinema

Exposições no Museu da Imagem e do Som

Fim de semana passado fui conferir a programação do MIS. Entre as exposições que estão acontecendo, está A Louca Debaixo do Branco.

O projeto da escritora, roteirista e apresentadora Fernanda Young, foi concebido como um livro-instalação pelo diretor Diógenes Moura e fala sobre o amor e os mitos construídos através da noiva.

Achei o projeto gráfico da exposição bem interessante. A composição das fotos em que a Fernanda Young incorpora a noiva, ficaram bem diferentes, intensas com um pouco de drama que, pelo menos para mim, deu uma cara nova a ideia de noiva.

_

Outra exposição que está acontecendo no MIS é a Entre Muros e Ideias. Por pouco quase não a vi, pois fica meio escondida no piso térreo.

Essa exposição é de fotografias de Marcos Muniz que mostram o dia a dia dos palestinos e israelenses nas cidades de Tel Aviv, Jerusalém e Belém.
_

E por último, mas não menos importante, tem o projeto Caixa de Cinema que já está desde maio na entrada Museu e fica lá até o final desse mês.

A Caixa de Cinema é como uma jukebox, só que ao invés de escolher a música, você escolhe o trecho de um filme, são 60 cenas de filmes de até 3 minutos que marcaram a história do cinema. Ao entrar na “caixa” você encontra um cinema particular, com duas poltronas e banquinhos para colocar os pés.

_

Informações:

A Louca Debaixo do Branco – De 02 de outubro até 18 de novembro – R$ 4 reais (inteira)

Entre Muros e Ideias – De 11 de setembro até 28 de outubro – grátis

Caixa de Cinema – De 02 de maio até 30 de outubro – grátis

Museu da Imagem e do Som – av. Europa, 158 – Estação de metro mais próxima: Faria Lima

http://www.mis-sp.org.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Mochilão SP

Virada Cultural SP: Dicas de programação

O Levo na Mochila fez uma seleção do que gostaria de ver na Virada Cultural.

Não está fácil escolher entre tantas coisas bacanas que vão rolar esse ano.

E vocês, já fizeram seu roteirinho do que vão curtir na Virada?

Sábado
12h30 – Um pouco de hip hop
O que: Flora Matos e Lurdez Luz 
Onde: Praça da República
 
16h Música e poesia
O que: Elas e eu
Onde: Ceú Parque Bristol
 
 19h Tulipa Ruiz
 
20h Cinema
O que: O mundo imaginário de Dr. Parnassus
Onde: Sesc Ipiranga
 
21h Nova MPB
O que: Luiza Possi
Onde: Céu Parque Anhaguera
 
23h Mais hip hop
O que: Projota
Onde: Cásper Líbero
 
00h Teatro
O que: Universo Nelson Rodrigues
Onde: Sesc Belenzinho
 
Domingo 
00h às 12h Filmes na faixa
O que: Locação gratuita de filmes
Onde:2001 Vídeo – Avenida Paulista, 726
 
02h – Samba da perifa
O que: Pagode da 27
Onde: Largo São Franciso
 
09h30 Rock!
O que: Suicidal Tendencies
Onde: Av. São João, 1100
 
11h Keep the rock
O que: Defalla
Onde: Alameda Barão de Limeira Altura do Número, 200
 
14h Literatura + Rua
O que: Sarau do Cooperifa
Onde: Largo São Bento
 
15h Eramos jovens
O que: Killi
Onde: Rua dos Gusmões
 
17h O rock não para nessa lista
O que: Dance of Days
Onde: Rua dos Gusmões
 
18h 30 anos sem Elis
O que: Jair Rodrigues
Onde: Boulevar São João
 

Curtiu a lista?

Qual a sua?

Compartilha aí! ;)

Post por: Danyelle Fioravanti e Fernanda Mendes

Deixe um comentário

Arquivado em Mochilão SP

Uma tarde em Paraty

Para ler ouvindo: Flores – Titãs

Paraty é uma cidadezinha litorânea e linda do Rio de Janeiro.

Suas ruas transpiram história. Foi uma das cidades mais importantes na época do Brasil colonial, um grande porto exportador de ouro.

Trindade (nossa última trip, que a Fer já contou um pouquinho pra vocês) é uma vila de Paraty e reza a lenda que os navios piratas se escondiam em Trindade para roubar as grandes embarcações de ouro que saiam do porto.

Uma tardezinha pelas ruas da cidade e já deu para perceber a quantidade de histórias que escodem suas ruas de paralelepípedo e suas casas com flores no telhado.

Tem mais >

Continuar lendo

3 Comentários

Arquivado em Brasil, Destinos

O eterno Carlitos em São Paulo

Quem nunca se encantou por uma imagem que fosse de Charlie Chaplin? Quem nunca sorriu, se emocionou, se comoveu com seu cinema e  sua genialidade em expressões?

Não precisa ser muito conhecedor, culto, ou coisa que o valha para saber da importância desse ator, diretor, roteirista e músico nascido em Londres, mas que passou grande parte de sua vida nos EUA.

Seu eterno e sempre atual personagem Carlitos levou nos anos 20 e 30 e leva até os dias atuais milhares pessoas pelo mundo do riso pastelão a reflexão social, em filmes como Tempos Modernos, Luzes da Cidade e o Grande Ditador.

Confesso não ter estudado metade do que Chaplin merece, mas a exposição que vi hoje sobre esse gênio do cinema no Instituto Tomie Ohtake só fez despertar ainda mais a vontade de entender sobre sua arte.

Fica a dica para quem quiser conhecer um pouquinho mais sobre Charlie Chaplin, a exposição “Chaplin e sua Imagem” fica em cartaz no Tomie Ohtake até dia 27/11. O instituto abre de terça a domingo, das 11h às 20h e a entrada é gratuita.

Foi difícil escolher o que mais gostei na exposição, mas separei três imagens para deixar vocês com vontade de ver mais.

1. Chaplin em Tempos Modernos (Modern Times)

2. Chaplin em A Casa de Penhores (The Pawnshop)

3. Pintura do artista cubista Fernand Léger baseada no personagem Carlitos

Instituto Tomie Ohtake
Av. Brigadeiro Faria Lima, 201
 
 
#quicktip
 
 
Publicado por: Danyelle Fioravanti

3 Comentários

Arquivado em Mochilão SP