Arquivo da tag: Fotografia

Exposições no Museu da Imagem e do Som

Fim de semana passado fui conferir a programação do MIS. Entre as exposições que estão acontecendo, está A Louca Debaixo do Branco.

O projeto da escritora, roteirista e apresentadora Fernanda Young, foi concebido como um livro-instalação pelo diretor Diógenes Moura e fala sobre o amor e os mitos construídos através da noiva.

Achei o projeto gráfico da exposição bem interessante. A composição das fotos em que a Fernanda Young incorpora a noiva, ficaram bem diferentes, intensas com um pouco de drama que, pelo menos para mim, deu uma cara nova a ideia de noiva.

_

Outra exposição que está acontecendo no MIS é a Entre Muros e Ideias. Por pouco quase não a vi, pois fica meio escondida no piso térreo.

Essa exposição é de fotografias de Marcos Muniz que mostram o dia a dia dos palestinos e israelenses nas cidades de Tel Aviv, Jerusalém e Belém.
_

E por último, mas não menos importante, tem o projeto Caixa de Cinema que já está desde maio na entrada Museu e fica lá até o final desse mês.

A Caixa de Cinema é como uma jukebox, só que ao invés de escolher a música, você escolhe o trecho de um filme, são 60 cenas de filmes de até 3 minutos que marcaram a história do cinema. Ao entrar na “caixa” você encontra um cinema particular, com duas poltronas e banquinhos para colocar os pés.

_

Informações:

A Louca Debaixo do Branco – De 02 de outubro até 18 de novembro – R$ 4 reais (inteira)

Entre Muros e Ideias – De 11 de setembro até 28 de outubro – grátis

Caixa de Cinema – De 02 de maio até 30 de outubro – grátis

Museu da Imagem e do Som – av. Europa, 158 – Estação de metro mais próxima: Faria Lima

http://www.mis-sp.org.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Mochilão SP

Na estrada de Santos

Esse é o mochilão da Cróu em Santos.
Ei, você leu certo! Cróu em Santos, nada de Créu não. (er!)
Piadinhas infames a parte, esse blog finalmente está se tornando um pouquinho mais colaborativo, como sempre sonhamos (depois de certa pressão, segundo a Cróu). E enquanto não vem o próximo post das mochileiras aqui, pelo Litoral Norte de São Paulo, que tal curtir um pouquinho de Santos no olhar da nossa amiga e queridíssima Carolina Machado?

Enjoy ;)

Santos no maps

Ausente.

Pessoas de existência sabida e que se encontram em outro lugar, afastado, mas conhecido.

Essa é a definição de ausente para o dicionário. E eu acho que me encaixo nessa definição para o Levo na Mochila.

Presente em um mochilão aqui e outro acolá, nunca escrevi para o blog. Então, vamos as formais apresentações: Carolina, Carol, Crou, Cróu, Carou, Ca, Caropita. Nome e apelidos pelo qual eu normalmente respondo. Hoje por livre e espontânea pressão (né, Dany? haha) decidi contar sobre minha mini viagem a Santos.

Total de dias: 2

Dúvida: Ir para a praia, pegar uma cor, comer um pastel e tomar água de coco ou descobrir o que mais a cidade pode oferecer? Bora conhecer a cidade, além da praia…

Santos, cidade portuária, marco histórico do Brasil. Mas, e aí?

Com minha guia turística particular, Thais, que já morou na cidade, fui conhecer alguns de seus pontos históricos.

Fomos para o centro velho e pegamos o bondinho. Passei que aconselho para aqueles que gostam de história e de arquitetura, para os que gostam de emoção, já digo: Não vá! O bonde anda a 10 por hora (tédio! haha) 

O bom de andar no bonde é que a guia conta um pouco da história das ruas, e também conta quais os comércios e pontos turísticos que estão abertos para visitação.

Passeio de bonde acabou e a fome chegou! Domingo, 13h e alguma coisa, onde poderíamos comer? Há! Tirando os pontos turísticos, tudo estava fechado =(

Então fomos para a bolsa do café, tomar um ‘cafezin’ gelado pra refrescar e distrair o estômago. Os preços lá são bem salgadinhos, mas o café é muito bom e eu aproveitei pra comprar um doce (eu nunca perco a oportunidade) que era muito bom!

Depois do cafézinho, bora conhecer a prefeitura, na verdade, bora conhecer duas salas da prefeitura. Além de ter que esperar pelo horário da visita monitorada, não podíamos entrar em todas as salas, era proibido.

Continuar lendo

3 Comentários

Arquivado em Brasil, Destinos