Arquivo da tag: Colorado

TOP 3 Bares SP – III

guest_post

E chegou o grande dia!

Qual será o melhor bar de SP para Cadú Parise, nosso amigo e ‘entendedor do assunto’?

Enjoy ;)

Eis mais uma prova de que “menos é mais”. A simplicidade e o ambiente familiar do Botequim do Cesinha são o que o tornam meu favorito.

O boteco está instalado na garagem do Cesinha, é isso mesmo, e ao lado ele tem uma loja onde vende utensílios para bar (muito bem montada por sinal).

Nas prateleiras, +ou- uns 100 tipos de cervejas especiais de todo o mundo estão à sua disposição para escolher e, se você não for especialista em cervejas (como as mochileiras do blog), pode contar com a ajuda sempre prestativa e bem humorada do Cesinha, da Marisa (esposa) ou da Carol (filha). O garçom, Jerry, sempre está por lá também. Todos eles são muito amáveis e é isto, junto com as cervejas e aquele delicioso sanduíche de rosbife caseiro, que te fazem querer voltar lá, sempre que possível.

Se quiser beber uma Original, Serramalte ou até mesmo uma Brahma, ok. Mas você não vai querer fazer isso sabendo que os sabores diferenciados da Colorado estão lá, a australiana Coopers e, se quiser conhecer mais, apareça lá e diga que conheceu o bar através do Levo na Mochila! Como diz o próprio Cesinha: para conhecer, você tem que ir lá e tomar uma cerveja. E aí, tá esperando o que?

Está aí, este é o meu TOP 3 de Botecos SP, espero que vocês tenham gostado das dicas e agora tirem a bunda da cadeira e bora beber uma gelada!

Post por Cadú Parise
Foto: Revista Época
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Mochilão SP

De malte em malte se faz uma Cerveja

Por Marcelo Simão

Meu amor por cervejas não começou assim, de uma hora pra outra.

A verdade é que não curtia muito não, até que um dia conheci a Colorado e suas cervejas especiais, super ultra encantadoras,  uma com um toque de rapadura, outra de mel. Fiquei intrigada com a possibilidade de se misturar cerveja (até então “ECA”), com aqueles ingredientes, e ter uma nova sensação ao tomar cerveja, a sensação do “Huuumm, que delíciaaaa!”

Essa paixão foi crescendo, comecei a ler sobre o assunto aqui e ali e como boa mercadóloga (leia bem, MERCADÓLOGA, nada de marqueteira aqui não…rs), acabei descobrindo que o mercado de cervejas artesanais, embora ainda pequeno no Brasil, vem crescendo a taxas superiores a 100%. Foi aí que a Cerveja virou até tema de TCC na faculdade. Com direito a degustação, decoração, tudinho envolvendo Cervejas.

Entre umas e todas (como diz, Jaime Pereira Filho, dono do Pier 1327), descobri a Eisenbahn, Dado Bier, Murphys, New Castle, XXXX e uma diversidade enorme de cervejas entre nacionais e importadas, STOUTS, BOCKS, MUNICHS, PALE ALES… é, são muitas mesmo.

O amor foi tanto que resolvi fazer o curso de produção de cervejas “caseiras” (na Europa é muito comum as pessoas fazerem suas próprias cervejas). Pra que, né? Só para me apaixonar ainda mais e, descobrir que meus argumentos para minha mãe (quando ela me questiona sobre esse gosto, que pra ela é estranho, né) estavam corretos. Sim, cerveja é uma arte!

Por Marcelo Simão

Por Marcelo Simão

Dia 19 vou aprender a engarrafar a minha linda Pale Ale.

Quem se arrisca a experimentar?

:)

E não é só a produção de cerveja que é uma arte, olha que legal esse site que mostra rótulos de cerveja, lindos, lindos, como o da minha amada Colorado Demoiselle.

From http://www.ohbeautifulbeer.com

Viu? Cerveja é arte da garrafa ao líquido.

Preciso deixar claro que não sou uma bebum…hehe

Aprecio com moderação e com o prazer de aprender sobre cada sabor.

;)

20 Comentários

Arquivado em Mochilão SP